Brugnerotto propõe medidas à Prefeitura sobre decretação de calamidade pública

Três indicações do vereador Rafael Brugnerotto (PSB) propõem ao Executivo Municipal medidas a serem tomadas no caso de calamidade pública em decorrência da pandemia da Covid-19. Na quarta-feira (1º), a Assembleia Legislativa do Paraná aceitou o pedido do prefeito Leonaldo Paranhos (PSC) para decretação de calamidade pública em Cascavel.

A Indicação nº 220/2020, protocolada no dia 18 de março, sugeria ao prefeito a decretação da calamidade pública, com o objetivo de tomar medidas emergenciais permitidas nesses casos, como a suspensão de serviços emergenciais e possibilidade de que os servidores trabalhem de casa para evitar a circulação de pessoas nas repartições públicas.

Outra proposta, a Indicação nº 219/2020, pede à Secretaria de Assistência Social dê especial atenção aos moradores de rua, dando orientações, distribuindo álcool gel e máscaras, disponibilizando banho e alimentação adequada, além de medir temperatura e identificar pessoas nos grupos de risco, com o objetivo de conter a transmissão do vírus.

Por fim, a Indicação nº 221/2020, solicita que a merenda escolar continue sendo oferecida mesmo durante a suspensão das aulas, principalmente para as crianças em situação de extrema pobreza. “Para essas crianças, que são muitas em nosso município, essa refeição é a melhor do dia, daí ser imprescindível”, afirmou Brugnerotto.

Assessoria de Imprensa/CMC     –    Marcelino Duarte/Assessoria de Imprensa/CMC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.