Campanha da vacinação dos yanomami começa no dia 25

Etnia indígena vive uma crise humanitária grave

Começa no dia 25 de fevereiro a campanha de vacinação nas comunidades indígenas do território yanomami e na Casa de Apoio à Saúde Indígena (Casai) em Boa Vista. De acordo com o boletim diário atualizado nesta quinta-feira (16) pelo Centro de Operações de Emergências (COE) do governo federal, serão aplicadas vacinas do calendário de rotina para crianças e adultos, incluindo as bivalentes para covid-19. Os imunizantes serão enviados para comunidades de Surucucu, Kataroa, Maloca Paapiú, Auaris, Missão Catrimani e Waputha.

A população yanomami vive uma crise humanitária grave. Afetados pela presença do garimpo ilegal em suas terras, os indígenas dessa região convivem com destruição ambiental, contaminação da água, propagação de doenças e violência. A situação é histórica, mas se agravou nos últimos quatro anos. Segundo o COE, neste momento os médicos lidam com 54 casos de desnutrição, 41 de pneumonia, 24 casos de diarreia aguda e 26 de malária. Até esta quinta, 157 indígenas tiveram alta após tratamento de diferentes doenças e agravamentos de saúde.

Fonte/Agência Brasil    –   Foto: Fernando Frazão/Agência Brasil

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *