Cascavel chega a 1.142 casos confirmados de dengue

Os bairros Brasmadeira, Brasília, Floresta e a região Central concentram o maior número de casos
À espera de uma escalada ainda maior de casos do novo coronavírus, as autoridades de saúde ainda têm que preocupar com registros de alta de doenças já conhecida, como a dengue.

O Boletim Epidemiológico do Departamento de Vigilância em Saúde de Cascavel divulgado nesta terça-feira, 31, mostra uma evolução dos casos suspeitos e confirmados. O município apresenta 4.240 notificações para a dengue, sendo 1.142 casos positivos para a doença; outros 1.092 casos já foram descartados e um óbito registrado.

O Setor de Controle de Endemias aguarda o resultado ou coleta de exame de 2.096 casos. Os bairros Brasmadeira, Brasília, Floresta e a região Central concentram o maior número de casos confirmados para a dengue.

Por isso, o Setor de Controle de Endemias reforça a importância dos moradores manterem a rotina de limpeza de quintais e eliminar objetos que podem acumular água. Dentro de casa, é também importante a verificação de equipamentos que armazenam água, caso de geladeira que possuem bandeja atrás, saídas de água dos aparelhos de ar condicionado, vasos e pratos de plantas, plantas aquáticas, brinquedos no quintal, bebedouros de animais, entre outros.

A evolução dos casos
Na comparação com o Boletim Epidemiológico divulgado na semana passada, os casos positivos para a dengue divulgados nesta terça-feira, 31, tiveram um acréscimo de 155 casos positivos; em relação ao nº de notificações de casos suspeitos houve um acréscimo de 617 notificações, quase 100 notificações por dia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.