Cascavel está com inscrições abertas para processo seletivo de residência médica

Ao todo, oito médicos serão contratados pelo Município
A Secretaria de Saúde de Cascavel está com inscrições abertas ao processo seletivo de residência médica, que contratará oito médicos, na atuação de Medicina da Família e Comunidade. Os profissionais terão 12 horas de aula teórica e mais 48 horas de trabalho prático. A residência tem o período de dois anos e o benefício é no valor de R$ 3.330,43, além de uma bolsa complementar de R$ 3,520,00.

As inscrições devem ser feitas até às 23h59 do dia 21 de dezembro, somente pelo site https://cascavel.atende.net/?pg=subportal&chave=13#!/tipo/pagina/valor/1962. O pagamento deverá ser feito unicamente por meio de boleto bancário impresso até o dia 22 de dezembro.

O processo de seleção será em três etapas: prova escrita, prova prática e entrevista individual, com análise de documentos e currículo. O teste escrito está previsto para ser realizado no dia 25 de janeiro de 2021, das 14h às 18h, em edital que ainda será divulgado. O exame terá 50 questões de múltipla escolha sobre clínica geral, clínica médica, medicina preventiva e social, obstetrícia, ginecologia e pediatria. O início dos trabalhos dos aprovados será no dia 1º de março de 2021.

A residência médica constitui modalidade de ensino de pós-graduação, sob a forma de curso de especialização, caracterizada por treinamento em serviço na rede de saúde da Secretaria Municipal de Saúde de Cascavel e demais instituições de saúde conveniadas.

De acordo com o coordenador de Residência Médica, o doutor Marcelo Rodrigo Caporal, o programa é uma forma de aprimorar o atendimento integral, tornando o médico apto para atender em todos os ciclos da vida: da criança ao idoso. “É uma residência que procura abordar todos os aspectos do paciente, de maneira integral, não somente o atendimento segmentado. A residência em Cascavel é bem consolidada e referência para outros programas. O médico terá uma boa base clínica e vários campos de cenários de atuação diferentes que resultará em uma boa formação como clínico geral e médica da família”, pontua.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *