Cinco estados lideram aplicação de recursos para ações de sustentabilidade

O Programa ABC+ financia sistemas produtivos sustentáveis e a adequação da propriedade rural à legislação ambiental

Os estados de Mato Grosso, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Goiás e Bahia são os que mais aplicaram recursos do Programa para a Adaptação à Mudança do Clima e Baixa Emissão de Carbono na Agropecuária (Programa ABC+) nas duas últimas safras.

Mato Grosso aparece em primeiro lugar, com R$ 359 milhões aplicados em 2020/2021 e R$ 567,7 milhões em 2021/2022. Em seguida está Minas Gerais, com R$ 310,7 milhões e R$ 494 milhões, respectivamente.

Dentro do Plano Safra, o Programa ABC+ financia investimentos que contribuam para a implantação de sistemas produtivos sustentáveis e a adequação da propriedade rural à legislação ambiental. Entre as ações financiadas estão a recuperação de áreas e de pastagens degradadas, a implantação de sistemas de integração lavoura-pecuária-florestas e a adoção de práticas conservacionistas de uso, manejo e proteção dos recursos naturais

Entre as safras de 2017/2018 e 2021/2022, os recursos aplicados no Programa ABC+ por meio do Plano Safra subiram de R$ 1,54 bilhão para R$ 3,43 bilhões. Na safra 2022/2023, que está em vigor, foram destinados R$ 6,19 bilhões para as técnicas incluídas no ABC+ e, nos dois primeiros meses já foram aplicados R$ 1,79 bilhão.

Entre as linhas de crédito do ABC+ incluídas no Plano Safra estão Plantio Direto, Integração, Florestas, Recuperação, Tratamento de Dejetos, Orgânicos e Fixação.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *