Com secretaria Especializada de Proteção à Mulher, Município tem rede de apoio para empoderar cascavelenses

Toda violência contra mulher, seja física, psicológica, moral ou sexual deve ser denunciada!
O município de Cascavel tem adotado políticas públicas cada vez mais eficientes para empoderar as mulheres e fortalecer o combate à violência contra elas. Prova disso é a Secretaria Especializada de Cidadania, Proteção à Mulher e Políticas sobre Drogas, que tem atuado intensamente no apoio às cascavelenses.
Hoje, 22 de julho, é o Dia Estadual de Combate ao Feminicídio. A data foi criada em memória da morte da advogada Tatiane Spitzner, vítima de violência. Neste marco tão importante, o secretário da pasta, Misael Júnior, reforça que em Cascavel há uma rede de apoio a todas as mulheres que se sentirem agredidas de alguma forma. “É um local especial para receber a mulher aqui em Cascavel. Toda violência contra mulher, seja física, psicológica, moral ou sexual deve ser denunciada. Se você sabe, denuncie pelo 180 ou 190 e procure nossa secretaria. Estamos aqui para ajudar sempre a mulher cascavelense”, pontua o secretário.
A Secretaria, além de prestar todo apoio às mulheres, tem políticas públicas como a oferta de cursos e capacitação para que as cascavelenses se fortaleçam e possam deixar os traumas para trás e vislumbrar um futuro. A Patrulha Maria da Penha também é outro braço dessa frente de combate à violência contra mulher e que tem garantido a seguranças de inúmeras cascavelenses.
Segundo Misael, será encaminhado em breve à Câmara um decreto para a criação do programa Por Elas Cascavel, mais uma ação voltada para o atendimento às mulheres no Município.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.