Coopavel recebe reconhecimento da DSM por redução de CO2 em granjas

Produzir alimentos com sustentabilidade é a missão da Coopavel, cooperativa com 52 anos de trajetória e considerada uma das 15 maiores em atividade no Brasil. A Coopavel acaba de receber reconhecimento da DSM, uma das maiores empresas do mundo em nutrição animal, pela redução de emissão de CO2 em suas granjas de frangos.

A entrega do reconhecimento foi feita ao presidente Dilvo Grolli durante a Convenção de Vendas da DSM Monogástricos, dias atrás em Foz do Iguaçu. O vice-presidente para a América Latina da DSM Monogástricos, Luiz Magalhães, informa que a empresa faz reconhecimento por sustentabilidade aos clientes pelo uso de enzimas nutricionais na cadeia produtora de aves e suínos.

A redução na emissão de gás carbônico alcançada pela Coopavel nos anos de 2021 e 2022 foi de 84.653 toneladas, equivalente a tirar de circulação 18.201 veículos ou ao plantio, ao longo de dez anos, de 1.396.770 árvores.

O presidente Dilvo Grolli agradeceu a homenagem e destacou o compromisso da Coopavel, desde o início de suas atividades em 1970, de levar informações sobre proteção ambiental e sustentabilidade aos seus cooperados. A Coopavel é uma das cooperativas brasileiras já integradas aos conceitos da ESG (Governança, Social e Ambiental).

Vidas melhores

Luiz Magalhães destacou que a DSM tem como propósito criar vidas melhores para todos por meio da ciência e inovação. “Há mais de uma década reconhecemos clientes e parceiros que contribuem de forma excepcional para a construção desse futuro de uma cadeia de produção animal cada vez mais sustentável”. A Coopavel é um parceiro importante da DSM nessa jornada, segundo Magalhães, buscando soluções de alta performance e inovadoras que reduzem a pegada ambiental e asseguram uma produção mais rentável.

O prêmio entregue pela DSM tem como objetivo reconhecer o grande impacto em emissões que a utilização de soluções de enzimas tem, medidas com metodologias que foram desenvolvidas pela empresa com tecnologia de ponta ao longo dos anos. “O reconhecimento evidencia os esforços da Coopavel para buscar um agronegócio cada vez mais sustentável”, destaca o vice-presidente da América Latina da DSM Monogástricos. “Temos certeza que juntos seguiremos construindo um futuro mais brilhante e sustentável para todos”, afirma Luiz Magalhães.

C02Reduce

A DSM, empresa holandesa, tem uma meta desafiadora de reduzir emissões diretas de gás do efeito estufa da empresa em 50% e utilizar 75% de eletricidade renovável até 2030. Em 2020, ela já tinha alcançado diminuição de 25% em suas emissões de gás do efeito estufa e 60% de seu consumo de energia já vinha de fontes renováveis. O objetivo de longo prazo é atingir emissões líquidas zero até 2050.

A empresa estabeleceu também redução de intensidade de carbono de 28% de suas emissões de cadeia de valor. O CO2Reduce é o programa de engajamento de fornecedores que começou em 2018. Ele estimula a troca de informações e criação de roteiros para alcançar objetivos de diminuição de emissão.

Foto: Entrega de certificados ao presidente Dilvo Grolli Via/ Assessoria

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *