Dengue não dá trégua e chega a 60 casos em quatro meses

O combate à dengue é uma responsabilidade de todos e a melhor hora para começar é agora
O cenário da dengue em Cascavel volta a preocupar novamente. Após um ano epidemiológico crítico, em que o município entrou em estado de epidemia, o novo ciclo também já acede o alerta.

De acordo com o novo Boletim do ciclo 2020/2021, Cascavel registrou 60 casos da doença do período de 26 de julho até esta terça-feira. Em quatro meses já são seis dezenas de contaminados pelo mosquito da dengue, enquanto no mesmo período do ano passado só havia 11 casos confirmados a essa altura.

Diante desse panorama, a Secretaria de Saúde reforça para a população manter os quintais limpos e eliminar criadouros. O combate à dengue é uma responsabilidade de todos e a melhor hora para começar é o agora.

Ainda segundo o boletim de hoje, o Município contabilizou 818 notificações, sendo 595 casos descartados e 163 aguardando exame. Nenhum óbito foi registrado.

Os bairros Neva, Pioneiros Catarinenses e Presidente são os que mais têm registros de pessoas com dengue, com 5 casos cada. Na sequência aparecem os bairros Interlagos, XIV de Novembro  e Floresta com quatro casos cada.

CUIDADOS

Somente uma mobilização da comunidade é o que fará a diferença na guerra contra o mosquito. Não deixe acumular água parada, até mesmo água suja.

Dentre os locais que precisam ser vistoriados pela população estão: edícula, tonéis com captação de água da chuva, aquários sem bomba de oxigenação, pratos de vasos de plantas, bandejas das geladeiras, bebedouro de animais, tanque de roupas que ficam com água empossada no fundo, coletor de água da saída do ar-condicionado, lixeiro sem tampa e sem furo embaixo, piscinas de plástico, cisternas, caixas de gorduras e plantas aquáticas, pequenos objetos nos quintais; como tampas de garrafas, copos plásticos e brinquedos infantis.

Fique atento e não dê bobeira: até mesmo gotículas de água numa tampinha de plástico já são suficientes para se transformar no criadouro do mosquito.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.