DESTAQUE NACIONAL: Cascavel é finalista do Prêmio Cidades Sustentáveis

Programa Sustentar, da Secretaria de Meio Ambiente, e Banco da Mulher, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, são reconhecidos
A cidade de Cascavel, considerada a 2ª Melhor do Brasil, mais uma vez é destaque nacional. O Município não para de se reinventar e buscar melhorias para a vida dos cascavelenses.

E o reconhecimento dessas práticas consolida a cidade como referência. Cascavel é finalista do Prêmio Cidades Sustentáveis: Acelerando a Implementação da Agenda 2030, em duas categorias dos eixos Social e Econômico, com os projetos: e Programa Sustentar/Reciclar é Preciso, da Secretaria de Meio Ambiente e do Banco da Mulher, da Secretaria de Desenvolvimento Econômico. Cascavel compete entre as cidades médias de todo o Brasil, de 101 mil a 500 mil habitantes.

A premiação reconhece as administrações municipais que tenham políticas públicas bem-sucedidas e inovadoras na redução das desigualdades, com resultados concretos e mensuráveis. A final será realizada nesta sexta-feira (16), em São Paulo. O evento contará com diversas autoridades do país, representantes dos municípios, lideranças empresariais e da sociedade civil, além de membros do Sistema ONU Brasil.

No eixo ambiental, o município concorre com o programa de coleta seletiva municipal, que implantou e operacionalizou  6 ecopontos em Cascavel. “Os espaço integram 5 cooperativas/associações de catadores de materiais recicláveis, o que beneficia 120 catadores. Os trabalhadores trabalham em locais especialmente projetados e equipados para o trabalho da triagem e processamento de resíduos, trabalho por meio do qual geram trabalho, renda e dignidade”, explica a engenheira ambiental, Keila Kochem.

Já o Banco da Mulher atua no incentivo e no fortalecimento empreendedorismo feminino, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico oferece linhas de créditos de até R$ 15 mil, com juros subsidiados integralmente pelo município, por meio do Banco da Mulher. O programa já liberou mais de R$ 3,7 milhões em crédito para elas. Ao todo, mais de 530 mulheres já foram beneficiadas pelo programa. E nessa conta, o Município arcou com mais de R$ 1,2 milhão em juros subsidiados. Somente no ano passado, 276 mulheres recorreram ao empréstimo e tiveram mais de R$ 2,2 milhões liberados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *