Em encontro com ministros evangélicos, governador reafirma diálogo com igrejas

O governador Carlos Massa Ratinho Junior participou nesta terça-feira (8), em Curitiba, da Elo Conferência Nacional, evento da Comunhão Internacional de Ministros (MFI-Brasil) que reúne lideranças evangélicas de todo o País. No encontro, o governador reafirmou a intenção de manter um diálogo próximo com a comunidade evangélica.

Ele citou a parceria bem-sucedida com as igrejas durante a pandemia de Covid-19, que funcionaram como ponto de apoio na distribuição do Cartão Comida Boa, iniciativa criada em 2020 para dar suporte às famílias mais vulneráveis. Criado pelo Governo do Estado como medida emergencial para pessoas afetadas pela emergência sanitária, a iniciativa se tornou um programa permanente de complemento de renda de famílias paranaenses.

Ratinho Junior destacou ainda que o Paraná passa por um bom momento político e econômico, com saldos positivos na geração de empregos e sendo reconhecido internacionalmente como exemplo mundial de sustentabilidade. “Estamos em bom momento no Paraná porque não estamos sozinhos, mas porque temos diversos instrumentos que ajudam a sociedade caminhar”, disse.

“O segredo é que trabalhamos unidos e em paz, união é o lema do Estado do Paraná. Se estivermos remando para o mesmo horizonte, vamos chegar ao objetivo que queremos”, salientou Ratinho Junior. “Esse ambiente, que é um caminho para a prosperidade, também é construído através de um trabalho conjunto com as lideranças políticas, religiosas, sociais e empresariais, que ajudam a levar o Paraná para frente”.

Além do bom diálogo com o Governo do Estado, o pastor Marciano Ortencio, da comunidade Alcance Curitiba, onde acontece a conferência, destacou também que o Paraná conta com uma lei sobre liberdade religiosa, sancionada em maio deste ano por Ratinho Junior. “Nós caminhamos muito bem com o Estado”, afirmou.

A lei assegura que nenhum indivíduo ou grupo religioso, majoritário ou minoritário, será objeto de discriminação por motivos de religião ou crenças por parte do Estado, de qualquer instituição, grupo de pessoas ou particulares.

Foto: Jonathan Campos/AEN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *