Fundetec fará implantação de dez DIS Versão 2.0

Com um novo formato e mais econômico, porém, não menos eficiente, os novos dispositivos contam com três câmeras HD
Em 2017, a Fundetec (Fundação para o Desenvolvimento Científico e Tecnológico) colocou em execução, no Centro de Cascavel e no bairro Interlagos, os dois primeiros DIS – Dispositivo de Inteligência de Serviço e Segurança – que auxiliam a Semppro (Secretaria Municipal de Política Sobre Drogas e Proteção à Comunidade) no monitoramento da segurança pública.

O equipamento composto por câmeras e sinalizadores sonoros trouxe mais tranquilidade aos pedestres e motoristas que trafegam todos os dias por esses dois pontos da cidade. Agora, com o objetivo de expandir esse recurso para os demais bairros, a Fundação, em parceria com a Semppro e a Semed, está implantando o DIS Versão 2.0 nas principais avenidas e ruas que foram ou estão sendo revitalizadas este ano em Cascavel.

Com um novo formato e mais econômico, porém, não menos eficiente, os dez novos dispositivos contam com três câmeras HD cada um e assim como o primeiro modelo, emitirão recados importantes à população, como informes sobre vacinação, matrículas escolares e cuidados no trânsito. Cabe ressaltar que o DIS não tem caráter de multar e sim, apenas trazer segurança para o local.

O primeiro Dispositivo de Inteligência na Versão 2.0 já foi instalado na rua Xavantes, próximo a Escola Maria Tereza Abreu de Figueiredo, no bairro Santa Cruz. Para a diretora Vera Aparecida Moreira, ele será muito importante, principalmente para os pais e alunos. “Ficamos felizes por ser próximo da nossa escola e principalmente por proporcionar mais segurança para a nossa comunidade”.

Entre o fim de 2020 e todo o ano de 2021, os demais equipamentos serão implantados nos seguintes pontos: Avenida Gralha-Azul, Avenida Piquiri, Avenida Papagaios, Rua Itália e Rua Rio da Paz, além de mais quatro locais que estão sendo estudados.

De acordo com o coordenador administrativo da Fundetec, Samuel Ribeiro, os resultados já são positivos. “Percebeu-se que os índices de criminalidade diminuíram e houve mudança no comportamento dos motoristas nos locais onde estão alocados os DISs trazendo vários benefícios à população”,observa.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *