Instrutores de Informática participam de evento internacional de robótica

Etapas finais do Cirdi – Campeonato Internacional de Robótica à Distância acontecem nesta quinta-feira (10)
O período de distanciamento social por conta da pandemia impôs muitas restrições à Educação e diversos setores tiveram que se reinventar para que o conhecimento permanecesse alcançando os alunos da melhor forma. Para muitos profissionais este foi um grande desafio, mas para os instrutores de informática e seus alunos, o período foi muito mais de oportunidades do que de dificuldades. Foi a oportunidade de ensinar e aprender na prática o universo sem fronteiras físicas que a internet pode proporcionar.Prova disso é que sem sair da cidade, um grupo de instrutores de informática participou do  Cirdi – Campeonato Internacional de Robótica à Distância, que é fruto da parceria da EJR Robótica Educacional e a Robótica da Fundação Liberato. A primeira competição à distância, que permitiu que participantes de qualquer lugar do mundo pudessem competir com robôs de verdade espalhados por diversas arenas em toda a América Latina.

Uma das 6 arenas do campeonato, a Arena Cascavel, foi montada na sede do Projeto Criar, da Fundetec, no Teatro Municipal. Os alunos competidores de 8 equipes controlaram remotamente Robôs do Projeto Taturana, através da plataforma Jabuti Edu Nuvem, com transmissão ao vivo no YouTube.

Cada equipe teve 5 minutos de teste e ajuste na arena e 10 minutos para completar o desafio de enviar remotamente comandos para controlar os robôs do Projeto Taturana e levar três cubos o mais próximo possível do alvo marcado na arena.

O instrutor de informática Thiago Sodré, um dos organizadores do campeonato, modificou os robôs do projeto Taturana, utilizado nas atividades de Robótica Educacional da Escola João Aloys Mann, para torná-los dispositivos IOT, ou seja, dispositivos capazes de se conectar a chamada internet das coisas, para serem controlados remotamente. Além disso, o instrutor controlou a transmissão ao vivo da competição na Arena Cascavel e orientou as equipes participantes nessa tarde.

O Instrutor de Informática Sidiney da Silva, responsável pelas atividades de Robótica Educacional na Escola Municipal Maria Tereza Abreu de Figueiredo, atuou na transmissão online e orientação aos participantes em etapas anteriores do campeonato. Hoje ele atuou na organização e comunicação com os competidores e espectadores online.  E lembro da importância da robótica nas escolas. “A organização da arena pode ser adaptada para utilização nos laboratórios de robótica das escolas municipais, para que os alunos possam aprender lógica de programação através do controle remoto dos robôs”, comentou.

Competiram nessa tarde equipes de Novo Hamburgo – RS, Palotina – PR, Fortaleza – CE, Passo Fundo – RS, Assis Chateaubriand – PR e Canoas – RS. As atividades da tarde também foram acompanhadas pelo Prof. Gelson Leandro Kaul (CEEP) e o coordenador de Informática e Robótica Educacional Marcel Kappes (Semed). A Aarena Cascavel teve apoio da Mostratec, Fundetec, E.Tech Brasil, Edubot Sistemas de Ensino e Atto Educacional.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.