Jovens internados nas unidades socioeducativas ganham 28 laboratórios de informática

As 28 unidades socioeducativas do Paraná, administradas pela Secretaria da Justiça, Família e Trabalho, por meio do Departamento de Atendimento Socioeducativo (Dease), receberam neste mês novos computadores para a implementação de laboratórios de informática. Os equipamentos vão possibilitar atividades educacionais e pedagógicas inovadoras e de qualidade para os adolescentes em medidas socioeducativas.

“Temos que incentivar a readaptação do jovem socioeducando para seu retorno à sociedade”, disse o secretário Ney Leprevost. A ação faz parte do projeto Inovar para Educar. Dentre os equipamentos estão computadores desktop, notebooks e pendrives, além do mobiliário necessário para a implementação desses laboratórios, como armários e mesas.

“Todas as Unidades Socioeducativas, incluindo os Centros Socioeducativos de Internação e Internação Provisória e as Casas de Semiliberdade, foram contemplados nesse projeto e disponibilizaram um espaço da unidade para que fossem implementados os laboratórios de informática”, disse o chefe do Dease, David Antonio Pancotti.

Ao todo, serão disponibilizados 217 computadores e 94 pendrives. Este projeto tem o apoio financeiro do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente (Cedca), que liberou os recursos financeiros para sua execução.

Foto: SEJUF

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *