Mais de 130 animais já foram operados com excelência pelo Castramóvel

Unidade móvel municipal é a primeira do Paraná e já serve de molde para outras cidades
O Castramóvel é uma unidade móvel totalmente equipada para realizar com excelência a cirurgia de castração de cães e gatos. Equipamentos que são encontrados em clínicas gabaritadas particulares são os mesmos disponibilizados gratuitamente à população. O alto padrão do centro cirúrgico móvel já está inspirando outras cidades, que tem adotado o Castramóvel como molde para implantar unidades similares pela região. Vale destacar a unidade móvel municipal é um serviço inédito, uma vez que é o primeiro do Paraná.

O ônibus começou suas operações em fevereiro deste ano em Cascavel. No entanto, apesar da aprovação da população, o cronograma de procedimentos teve que ser interrompido por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Mesmo assim, 132 animais já foram castrados e estão em ótimas condições; a taxa de mortalidade é zero.

O primeiro bairro a receber o Castramóvel foi o Guarujá, isso ainda no início do ano. Após as ações na região, veio a pandemia, então a unidade precisou suspender as atividades para evitar aglomerações e também por conta da alta demanda por insumos da área médica.

Nesse meio tempo, o Castramóvel encontrou uma alternativa para seguir trabalhando, sem que fossem quebradas as regras de distanciamento. Assim, foi iniciada a castração gratuita de animais resgatados por protetores e de ONGs (Organizações Não Governamentais), por meio de agendamento prévio. As ações têm sido pontuais na Praça Wilson Joffre.

Seguindo a resolução do Conselho Federal de Medicina Veterinária, o Castramóvel conta com centro cirúrgico, sala de recuperação, sala de preparo, autoclave, aparelhos de anestesia inalatória, monitor multiparamétrico, entre outros, o que garante o atendimento de qualidade aos cães e gatos.

O Castramóvel, vale ressaltar, faz parte das ações de saúde dos animais da Secretaria de Meio Ambiente. O objetivo é que assim que a pandemia for superada, a unidade volte a atender nos bairros, como forma de descentralizar as ações e ampliar o atendimento. “Não é simplesmente castrar, mas, sim, dar um serviço de excelência, como se fosse a cirurgia na melhor clínica da cidade. É realmente realizar um trabalho de qualidade”, pontua o gerente de vida silvestre e bem-estar animal, Rodrigo Ribeiro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *