Pesquisa dá elementos a futuro projeto do Mercado Municipal

A administração pública de Cascavel, em parceria com o Sebrae, conta com profissionais especializados para obter informações e dados que darão base para nortear o projeto de implantação do futuro Mercado Municipal. Uma das etapas desse trabalho inclui a visita a diretores de empresas e entidades, produtores rurais, gestores públicos, pioneiros e historiadores. “A finalidade é colher o máximo de informações e sugestões que possam colaborar com uma estrutura há muito aguardada”, informa a secretária municipal de Desenvolvimento Econômico, Hivonete Piccoli.

O presidente da Coopavel, Dilvo Grolli, o presidente da Acic, Siro Canabarro, e o presidente do Codesc (Conselho de Desenvolvimento Econômico Sustentável de Cascavel), Alci Rotta Júnior, estão entre as personalidades ouvidas na pesquisa. Hivonete Piccoli e a diretora de Turismo, Maristela Becker Miranda, acompanham Claudia Regina Barros e Luiz Antunes, da 2DA Estratégia, Marca, Negócios e Territórios, nos encontros com as personalidades selecionadas para contribuir com essa fase dos trabalhos.

Dilvo agradeceu a oportunidade de participar de um estudo tão importante. Durante o encontro, ele falou sobre a fundação da Coopavel e o que ela representa para Cascavel e para os mais de 20 municípios das regiões Oeste e Sudoeste nos quais ela está presente. “A cooperativa surgiu da necessidade de os produtores rurais de valorizar a sua atividade. Com o apoio da Coopavel eles puderam melhorar a organização de suas propriedades, inserir novas tecnologias no campo e passar a produzir mais e melhor, ampliando seus resultados”.

Hoje, 52 anos depois, a Coopavel tem 7,2 mil cooperados e quase oito mil colaboradores. A questão da importância do trabalho e do empreendedorismo, citada por Dilvo, foi reforçada também durante encontro que a equipe teve com o presidente da Associação Comercial e Industrial de Cascavel, Siro Canabarro. Com 63 anos e quatro mil empresas associadas, a Acic é uma das entidades empresariais mais conectadas ao processo de desenvolvimento local.

“Entendo que Cascavel seria um lugar perfeito para a instalação de um Mercado Municipal. No entanto, é importante destacar que o espaço não deve abrigar qualquer tipo de produto. Ele precisa ser cuidadosamente planejado para refletir a identidade da cidade e as suas características únicas. Com uma abordagem estratégica, poderia até se tornar um ponto turístico de destaque”, afirmou Siro. “Não há dúvidas, Cascavel avança de forma surpreendente e projetos como esse somam muito”, complementou o presidente do Codesc, Alci Rotta Júnior.

Experiência única

Em todas as cidades nas quais há Mercado Municipal é consenso que visitar esse ambiente é uma experiência única. Ali, além de encontrar e poder comprar os mais diferentes itens e produtos, é possível se integrar à arquitetura do ambiente e passar momentos de lazer e descontração. Fazer com que essa obra aconteça ainda no atual mandato é um dos desejos da gestão do prefeito Leonaldo Paranhos.

Na Foto: Maristela, Luiz, Claudia, Dilvo e a secretária Hivonete
Crédito: Assessoria

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *