Portos do Paraná vai reforçar ações de inclusão de pessoas com deficiência

A empresa pública Portos do Paraná vai reforçar ações para tornar os terminais do Estado mais inclusivos e acessíveis para futuros profissionais. A estratégia é abrir vagas específicas para estágio e organizar visitas guiadas para deficientes, fomentar o tema da atenção à acessibilidade junto aos navios de passageiros, e realizar trabalhos conjuntos de comunicação com a Central de Intérpretes de Libras de Paranaguá.

A promoção de mais inclusão na atividade portuária paranaense foi discutida nesta segunda-feira (13) entre a Diretoria de Desenvolvimento Empresarial da Portos do Paraná e a vereadora Isabelle Dias, primeira surda eleita para o mandato na Câmara de Paranaguá.

“O novo vídeo institucional da Portos do Paraná, lançado agora em fevereiro, já tem legenda em Libras. Apesar de um passo ainda pequeno, é importante para fazer a inclusão de quem ainda não se sente inserido”, afirmou o diretor André Pioli.

A gerente de Recursos Humanos, Melissa de Paula, complementou que a empresa estuda abrir vagas de estágio para pessoas com deficiência, ampliando o acesso à formação em diversas áreas.

Professora de Libras, pedagoga, pós-graduada em Educação Bilíngue, formada também em Letras (Libras), a vereadora lembrou que Paranaguá tem uma Central de Intérpretes de Libras e a Escola Bilíngue para Surdos (CEDAP), que é a primeira escola para surdos do Estado.

“Temos profissionais sendo formados aqui, pessoas que estão se capacitando e têm total condição de trabalhar em qualquer empresa. O Porto de Paranaguá é o sonho de muitos cidadãos da cidade. Queremos que as barreiras sejam superadas e vamos trabalhar em conjunto a partir de agora”, disse Isabelle.

Foto: Portos do Paraná

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *