Recursos do Imposto de Renda destinados pelos contribuintes beneficiam projetos da política da criança e do adolescente

CMDCA publicou editais para a escolha das entidades. Propostas deverão ser enviadas até o dia 26 de maio ao Protocolo Geral do Município
O Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) de Cascavel liberou três chamamentos públicos para contratar entidades que ofereçam projetos voltados ao atendimento e desenvolvimento de crianças e adolescentes no município. Os recursos do Fundo da Infância e Adolescência (FIA) são oriundos do Imposto de Renda de pessoas físicas e jurídicas, que optaram em destinar parte do imposto a projetos sociais.

O primeiro edital é destinado à seleção de projetos que ofereçam iniciação esportiva para jovens entre 5 e 17 anos, com orçamento total de R$ 300 mil. Já o segundo edital busca projetos de atendimento para crianças e adolescentes, com orçamento total de R$ 700 mil. O terceiro selecionará organizações que ofereçam pré-aprendizagem profissional para jovens de 14 a 18 anos, com orçamento total de R$ 480 mil.

Além disso, um termo de referência de inexigibilidade de chamamento público foi publicado, em que a Associação Recanto da Criança foi escolhida como prestadora de serviço de atendimento social, com transferência total de R$ 150 mil.

Os interessados podem acessar os Editais de Chamamento Público e seus anexos, bem como a inexigibilidade de chamamento público no órgão Oficial do Município de Cascavel, e no site Assistir Vidas (https://www.assistirvidas.com.br/editais).

As propostas deverão ser enviadas até às 17h do dia 26 de maio de 2023 ao Protocolo Geral da Município. A iniciativa visa promover o desenvolvimento de crianças e adolescentes na cidade, e contribuir para a construção de um futuro mais promissor para todos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *