Resgate de cachorra e filhotes emociona agentes da Guarda

Cadela foi abandonada em um lixão onde fez um ninho e criou cinco cachorrinhos. Guarda Patrimonial cuidou da cachorra até o resgate ser feito pela Patrulha Ambiental
A história do resgate de uma cachorrinha vira-lata abandonada em um lixão clandestino na Estrada Chaparral, em Cascavel, comoveu até mesmo os agentes da Guarda Municipal e Guarda Civil Patrimonial. A cadelinha foi encontrada ainda na terça-feira pelo agente da Guarda Civil Patrimonial Vilmar Vacari, que costuma fazer caminhadas pela estrada rural.

Ao encontrar a cachorra, ele percebeu que ela estava faminta e com sede. Vacari não teve dúvidas, foi até sua casa, distante cerca de quatro quilômetros do local, para buscar água e comida.

“Ela estava desesperada para tomar água, não sabia se tomava água ou comia. Depois que ela comeu foi para baixo de umas galhadas de árvores e percebi que tinha filhotes”, conta Vacari.

Ele optou em não adentrar o local por não estar com calçado adequado e pelo fato de ser de difícil acesso. Na quarta e quinta-feira Vacari levou água e comida duas vezes ao dia e acionou a Patrulha Ambiental. “Ontem pela manhã quando fui levar alimento vi que ela estava com o focinho amarelo e cheio de espinhos, de porco-espinho, ouriço. Consegui tirar alguns com as mãos e depois voltei lá, levei um alicate e retirei o restante”, relata Vacari.

Na manhã desta sexta-feira (11), Adinei Luciano Pereira, Guarda Municipal que integra a Patrulha Ambiental, foi ao local para fazer o resgate da cachorra. Ao adentrar o mato, encontrou o ninho com cinco filhotes. A ONG Latidos do Bem decidiu assumir o tratamento veterinário e se disponibilizou em encaminhar os filhotes para adoção.

Adinei relata que o resgate dos animais foi tranquilo. “Ela é dócil, quando chegamos ao local veio brincando, pulando e balançando o rabo”, relata.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.