Vereadores conhecem em Toledo modelo de colégio técnico agrícola para Cascavel

Em busca de obter mais conhecimento para projeto em andamento que visa futura implantação de um colégio técnico agrícola em Cascavel, os vereadores Professor Santello (PTB), Pedro Sampaio (PSC) e Beth Leal (Republicanos) visitaram, na tarde desta segunda-feira (08), o Colégio Estadual Agrícola de Toledo. Os legisladores foram recebidos pela diretora geral Simone Fávaro e Gerson Boff, diretor de unidade didática produtiva.

O intuito da visita era saber mais detalhes sobre o funcionamento de um colégio estadual agrícola e suas necessidades. Em Toledo, essa escola capacita e forma técnicos em Agropecuária há 40 anos. A estrutura é exemplo: são 22 hectares de área, sendo 14 para produção agropecuária e 8 de edificações educacionais. O colégio, que oferta o curso Técnico em Agropecuária integrado ao Ensino Médio, conta hoje com quase 500 alunos matriculados e uma aprendizagem voltada para o agronegócio.

Do total, 350 alunos estudam em período integral e 75% deles ficam alojados na escola durante toda a semana. No local são servidas 6 refeições por dia aos alunos, que aprendem desde pecuária, agricultura em geral, manejo de pastagem, silagem, beneficiamento e processamento de produtos vegetais e animais até agroindústria.

Impressões da visita

“A escola é maravilhosa. Acredito que, com a instalação de um colégio de nível médio em Cascavel, chamaria atenção de muitos filhos de agricultores, pequenos produtores rurais e pecuaristas de toda a nossa região, não só da nossa cidade. Hoje já temos essa formação em nível superior, agora falta o nível médio”, ressalta a vereadora Beth Leal.

Para Pedro Sampaio, “o aprendizado que esses alunos adquirem num colégio como esse se transforma em excelentes resultados, tanto para a família do campo quanto para a própria economia da cidade”. Segundo ele, esses jovens serão uma mão de obra qualificada que trará muitos benefícios para a propriedade familiar.

“Queremos essa possiblidade de formação em Cascavel. Visitas em instituições como essa agregam ainda mais ao nosso conhecimento e reforçam a necessidade de uma estrutura na cidade. Precisamos valorizar esses filhos de agricultores, que podem fazer toda a diferença em suas propriedades. Estamos trabalhando para isso”, reforça o Professor Santello.

Santello protocolou no início de janeiro na Câmara, com apoio de todos os vereadores, uma indicação ao prefeito Leonaldo Paranhos solicitando estudos com a intenção de implantar no município um Colégio Técnico Agrícola Ambiental.

Assessoria do Vereador Prof Santello/CMC

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.